Clube Abraps com André Palhano criador e coordenador da Virada Sustentável

Venha tomar um café da manhã com André Palhano, criador e coordenador da Virada Sustentável, para que juntos possamos discutir como fortalecer nossas redes e como podemos atuar para “transformar São Paulo numa cidade educadora” e sustentável. #viresuacidade

19 de setembro no  ibis Sao Paulo Paulista

Para mais informações e inscrições: clique aqui

GT Clube Abraps

Publicado em Notícias Abraps | Deixe um comentário

Benefícios aos Associados em Setembro

Confira abaixo os benefícios para associados da Abraps em SETEMBRO!

Clube Abraps com André Palhano – São Paulo/SP – 19 de setembro. >> mais informações

Curso: Obesidade Infantil e a Alimentação Sustentável com Juliana Monteiro – São Paulo/SP – 21 de setembro – Parceria entre a Rede Filantropia e Abraps, oferecem 30% de desconto para os associados neste curso. >> mais informações

Curso BSD Consulting: GRI Módulo de Transição às Normas – São Paulo/SP – 28 de setembro – Parceria entre a BSD Consulting e Abraps, oferecem 10% de desconto para os associados neste curso. >> mais informações

Benefícios permanentes:

Uol Educação

Para se associar clique aqui e preencha a ficha de associação, onde constam as informações sobre as formas de pagamento da anuidade

GTParcerias

 

Publicado em Notícias Abraps | Deixe um comentário

Participe da Terceira Edição da Pesquisa que vai mapear o Perfil dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável

A Abraps – Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável e a Communitaria Consultoria Social o convidam a participar da Terceira Edição da Pesquisa que vai mapear o Perfil do Profissional pelo Desenvolvimento Sustentável.

Para participar clique aqui são apenas 20 minutos de seu tempo.

O resultado será divulgado no ODSTalks 2017 no dia 09 de outubro de 2017

Envie o link da pesquisa (Perfil do Profissional pelo Desenvolvimento Sustentável http://bit.ly/2gzSTws), para os Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável que você conhece e divulgue o link nas suas redes sociais

Contamos com sua participação e divulgação

Abraps – Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável
www.abraps.org.brcomunicacao@abraps.org.br

Communitaria Consultoria Social
www.communitaria.com.br contato@communitaria.com.br

Publicado em Notícias Abraps | Deixe um comentário

Curso Obesidade Infantil e a Alimentação Sustentável

Aprenda a ter um olhar mais abrangente para esta complexa situação, enxergando possibilidades de se promover um amplo processo de reeducação alimentar nas famílias.

Carga Horária: 8 horas

Com: Juliana Monteiro,  Nutricionista, pedagoga e pós-graduada em obesidade, integra a Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável (Abraps). Com ampla experiência como educadora na educação infantil, possui, atualmente, atuação como nutricionista, sob a ótica da nutrição funcional, voltada à obesidade infantil.

A obesidade infantil é, hoje, um problema de saúde pública. Dentre os fatores responsáveis pelo aumento no número de casos, a mudança nos padrões alimentares é o principal deles, mas não é o único. Também contribuem o estilo de vida, o estresse, a ansiedade, o uso constante de celulares, tablets e até mesmo a liquidez das relações.

Apontar a responsabilidade dos pais e responsáveis pela obesidade da criança é algo delicado, e deve ser feito com muita cautela, pois se não levarmos em consideração todos os aspectos envolvidos, pode-se gerar um sentimento de culpa nos mesmos e acabar criando um “bloqueio” que, ao invés de contribuir para o processo de reeducação alimentar da criança e da família, acaba por gerar o contrário.

Associado Abraps tem 30% de desconto neste treinamento.
Solicite seu cupom pelo e-mail: comunicacao@abraps.org.br

Para mais informações e inscrições clique aqui

 

Publicado em Notícias Abraps | Deixe um comentário

6a. REUNIÃO OPERATIVA Abraps – Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável

Olá gente boa,

Já estamos indo para a 6a. reunião operativa da Abraps – Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável, onde todos os associados são sempre convidados a participar e contribuir com a organização.

Esta reunião acontece mensalmente, e vamos fazer os acompanhamentos dos projetos e ações que estão em andamento. Qualquer associado em dia com as suas obrigações pode participar, dar suas ideias e se voluntariar para liderar e executar um projeto com apoio da organização e todos os não associados são bem vindos para conhecer os trabalhos da associação.

Agradecemos a parceria do Conjunto Nacional que nos hospedará, por mais um semestre uma vez por mês em uma de suas salas de reunião no Edifício HORSA I no 24ᵒ andarContamos com a presença de todos

6a. REUNIÃO OPERATIVA Abraps – Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável
DATA: Quinta-feira, 31 de agosto das 19 às 22 horas.

LOCAL: Conjunto Nacional – Av. Paulista, 2073 – Ed. ORSA I – Consolação, São Paulo – SP – 24ᵒ andar
(ao lado da entrada principal da Livraria Cultura se localiza a entrada do Edifício Horsa I, com seguranças, recepcionistas e os elevadores)
às 19h00 início das atividades da Sexta Reunião Operativa
19h00 – Abertura da Reunião – Diretoria da Abraps – Avisos

• Apresentações

19h10- Jean Michel Gallo Soldatelli – Santo Caos

19h20 – Henrique Mendes – Abinee

19h30 – GT Planejamento Estratégico – Apresentação Planejamento – próximos passos

19h40 – Apresentações dos GTs – apresentação dos objetivos – principais realizações  e ações futuras 

  • GTs Ativos – Cursos, Clube Abraps, Pesquisa, ODSTalks,  Empregabilidade, Prêmio Virada Sustentável, RI/Parcerias, Negócios, Voluntariado e Núcleo Jovem

21h30 – Outros temas – Campanha Novos Associados

                         Manifesto 17:30

                         Cursos in-company parceria com Agility Marketing

                         Outros

22h00 – Encerramento                       

Por favor, confirme a sua presença no link abaixo, pois o prédio exige uma lista prévia para autorização de entrada:

Confirmação de Participação na Sexta Reunião Operativa

Abaixo as datas das reuniões operativas para o segundo semestre de 2017

31/8 – 6a Reunião Operativa Abraps – quinta-feira das 19h às 22h
28/9 – 7a Reunião Operativa Abraps – quinta-feira das 19h às 22h
19/10 – 8a Reunião Operativa Abraps – quinta feira das 19h às 22h
30/11 – 9a Reunião Operativa Abraps – quinta feira das 19h às 22h

Para saber quem são os profissionais Associados Ativos hoje na Abraps clique aqui

Para se associar a Abraps tem duas maneiras

É só efetuar um depósito identificado na conta da Abraps, no valor de R$ 100,00 (cem reais) de acordo com os dados abaixo,

Dados Bancários
Banco Santander
Agência: 3832
c/c: 130060017
Favorecido: Abraps – Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável
CNPJ: 14.722.400/0001-15

Enviar uma cópia do comprovante de depósito identificado para o e-mail: contato@abraps.org.br

e/ou se preferir faça o pagamento de sua anuidade pelo PagSeguro

à vista – uma parcela anual de R$ 100,00 (cem reais) – https://pag.ae/bcjvKFZ

Para se associar clique aqui e preencha a ficha de associação, onde constam as informações sobre as formas de pagamento da anuidade

Aguardamos vocês lá.

Diretoria Abraps

Para mais informações envie um e-mail para contato@abraps.org.br 

Publicado em Notícias Abraps | Deixe um comentário

Cerimônia de Premiação do 2ª Prêmio Abraps Virada Sustentável

Como forma de dar visibilidade e estimular o trabalho dos profissionais que se dedicam ao tema do desenvolvimento sustentável em diferentes esferas, a Abraps – Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável e a Virada Sustentável decidiram se unir para criar em 2016 o “Premio Profissional e Cidadão pelo Desenvolvimento Sustentável”, que teve sua primeira edição na Virada Sustentável 2016. Hoje, o prêmio é denominado Prêmio Abraps Virada Sustentável e terá sua 2ª Edição na Virada Sustentável de 2017.

A 2ª edição do Prêmio Abraps Virada Sustentável tem como missão reconhecer boas práticas e histórias de vida para inspirar mais pessoas a se engajarem como profissionais pelo desenvolvimento sustentável.

Critérios avaliados:

  1. Credibilidade: profissionais de reconhecida idoneidade no mercado;
  2. Impacto Social: iniciativas que evidenciem resultados com impacto social qualitativo (Ex: história inspiradora) e quantitativo (Ex: números de beneficiados);
  3. Escalabilidade: iniciativas que inspirem outros profissionais e sejam de fácil replicação.

Os profissionais foram indicados pelos associados e eleito pelo Conselho da Abraps e da Virada Sustentável como o profissional com a história de vida que melhor representa os ODS: (6) Água potável e Saneamento; (9) Indústria, Inovação e Infraestrutura; (10) Redução das Desigualdades; (11) Cidades e Comunidades Sustentáveis; e (12) Consumo e Produção Renováveis

Na cerimônia de premiação, a ser realizada no dia 24 de agosto, a partir das 19h, no Unibes Cultural, vamos homenagear:

ODS 6: Água Potável e Saneamento

Marussia Whately, arquiteta e urbanista, com atuação na área de produção de conteúdo e mobilização social para proteção e uso sustentável da água. Coordenou o Programa Mananciais do Instituto Socioambiental entre 2003 e 2009. Integrou a equipe do Instituto Democracia e Sustentabilidade e coordenou a campanha #florestafazadiferenca, em 2009 e em 2011. É idealizadora da Aliança pela Água, rede com mais de 70 organizações da sociedade, criada em 2014 para enfrentamento da crise hídrica de São Paulo.

ODS 9: Indústria, Inovação e Infraestrutura

Renata Piazzon, advogada ambiental, pesquisa projetos de impacto social e ambiental que servem de inspiração para sua vida e para pessoas ao seu redor. É uma das fundadoras e faz parte da equipe do projeto B.U.D. – Bonito, Útil & Durável que tem como missão criar uma rede de inovadores na moda para acelerar soluções coletivas para o setor, de forma circular e sustentável. Atuam em Paraisópolis, usando restos de tecidos das confecções do Bom Retiro, estilistas e modelos da comunidade.

ODS 10: Redução das Desigualdades

Edu Lyra viveu a infância dentro de um barraco, numa favela em Guarulhos, SP. O pai ingressou no crime e foi parar na prisão. A mãe foi o contraponto da história, que o inspirou a sonhar, dizendo: “Filho, não importa de onde você vem, mas, sim, pra onde vai”. O suficiente para que Edu se tornasse jornalista, autor do livro Jovens Falcões, um dos roteiristas do filme “Na Quebrada” e empreendedor social. É fundador do Gerando Falcões, que promove a paz em diversas periferias, favelas e presídios, com atuação em três frentes: esporte, cultura e renda.

ODS 11: Cidades e Comunidades Sustentáveis

Profissionais do Movimento Parque Augusta, representado pelo Augusto Aneas por sugestão da Dna Ana Dulce Maraschin. Eleita por nossos Conselhos do prêmio, Dna Ana estendeu a premiação a todos os profissionais que formam o Movimento. A mobilização popular em torno da luta pelo Parque Augusta tem cerca de 40 anos. Foram diversas conjunturas e conquistas ao longo deste período, contando com a participação de muitos grupos e indivíduos. A partir de meados de 2013, como resposta a uma nova investida dos proprietários em construir prédios no terreno e a necessidade em se fazer pressão pela sanção de um projeto de lei que autorizaria a criação do Parque Augusta, um novo levante popular se formou e cresceu de maneira exponencial, organizado por meio de assembleias. Essa mobilização deu origem ao movimento Organismo Parque Augusta, nome influenciado pelo coletivo parceiro Organismo PikNik. O OPA é um movimentwo autogerido, horizontal e heterogêneo. Não tem líderes e nenhum grupo ou entidade oficialmente constituído o representa. Organiza-se a partir de assembleias públicas, reuniões de grupos de trabalho, ações diretas na rua e rede mundial de computadores. É aberto à participação de quem se interessar em apoiar a causa.

ODS 12: Consumo e Produção Responsáveis

Claudia Pires, publicitária (ESPM) e cientista social (USP), com uma pós-graduação em Berkeley/USA, MBA em negócios no Insper e gestão de sustentabilidade (FGV), trabalhou durante 20 anos no mundo corporativo, liderando grandes marcas (eg: Suvinil, Gatorade, Toddy entre outras) e desenvolvendo estratégias de negócio. Foi responsável pela estruturação e implementação da área de sustentabilidade da PepsiCo no Brasil, assim como da fundação de seu Instituto no pais. Planejou e liderou a criação da Rede de Comercialização Zona Sul, hoje a maior rede de comercialização de resíduos sólidos de São Paulo gerenciada por cooperativas de catadores de materiais recicláveis. Fez consultorias para grandes empresas como Santander, Heineken, Natura, Grupo Pão de Açúcar e Brasil Kirin, enquanto desenvolvia e amadurecia a so+ma. Atualmente 100% dedicada a so+ma, programa de fidelidade voltado para a baixa renda que busca desenvolvimento local.

A cerimônia de premiação acontecerá no dia 24 de agosto, a partir das 19h na Unibes Cultural: Rua Oscar Freire, 2.500 – Sumaré. – Evento Gratuito (vagas limitadas) para participar e prestigiar os homenageados basta comparecer.

Sobre a programação:

– A abertura da cerimônia será realizada pelo Haroldo Machado Filho, do PNUD.

– Na sequência acontecerá a premiação do Desafio 2030, voltado a projetos socio-ambientais em escolas.

– E, fechando a noite, por volta das 20h, será realizado a cerimônia do Prêmio Abraps.

Mais informações sobre a premiação clique aqui

Para conhecer o regulamento do Prêmio Abraps Virada Sustentável clique aqui

Dirlei Bravin – Coordenadora do GT Prêmio Abraps

Publicado em Notícias Abraps | Deixe um comentário

1º Happy Hour de Impacto

Dando continuidade às duas primeiras edições do nosso Café com Impacto, a Abraps Jovem agora convida a todos ao 1º Happy Hour de Impacto, desta vez para um bate-papo sobre carreira na área de turismo sustentável e negócios sociais com a convidada Marina Lourenço, que já trabalhou no Yunus Center do AIT e hoje é Coordenadora do Instituto VIVALÁ. 

O evento ocorrerá no dia 24 de agosto de 2017, às 20h (apresentações e dinâmicas começam às 19h30), no Bee.W Hostel Bar & Travel, localizado na rua Haddock Lobo, 167 – Bela Vista – como chegar

Assim como nos eventos anteriores, a participação é gratuíta e as vagas são limitadas.

Por isso, por favor, confirme sua presença – clique aqui

André Luiz Tuon – Coordenador Abraps Jovem

 

Publicado em Notícias Abraps | Deixe um comentário

2ª edição do Prêmio Abraps Virada Sustentável

A 2ª edição do Prêmio Abraps Virada Sustentável tem como missão reconhecer boas práticas e histórias de vida para inspirar mais pessoas a se engajarem como profissionais pelo desenvolvimento sustentável.

 Vamos reconhecer profissionais que atuam pelo desenvolvimento sustentável, em uma das 05 (cinco) categorias elencadas de acordo com os ODS a seguir:

(6) Água potável e Saneamento;
(9) Indústria, Inovação e Infraestrutura;
(10) Redução das Desigualdades;
(11) Cidades e Comunidades Sustentáveis; e
(12) Consumo e Produção Renováveis

Critérios avaliados:

1. Credibilidade: profissionais de reconhecida idoneidade no mercado;

2. Impacto Social: iniciativas que evidenciem resultados com impacto social qualitativo (Ex: história inspiradora) e quantitativo (Ex: números de beneficiados);

3. Escalabilidade: iniciativas que inspirem outros profissionais e sejam de fácil replicação.

A cerimônia de revelação dos eleitos acontecerá no dia 24 de agosto, a partir das 19h, no Unibes Cultural. Participe!

 Consulte o regulamento na íntegra em: http://abraps.org.br/2016/ eventos/premio-abraps/

Dirlei Bravin – Coordenadora do GT Prêmio Abraps

Publicado em Notícias Abraps | Deixe um comentário

Quem é o profissional de Sustentabilidade? – Do perfil à remuneração, tudo o que você precisa saber

por Juliana Zellauy

Tenho recebido vários pedidos de pessoas que desejam entrar para a área de Sustentabilidade em busca de mais informações à respeito. Também recebo solicitações de profissionais que já atuam com o tema, mas gostariam de saber o perfil e conhecimentos necessários para ser um excelente profissional. Assim, atendendo à pedidos, resumo aqui em linhas gerais todas as informações essenciais sobre este especialista que tem como visão “transformar a realidade com a meta maior de um mundo melhor”*.

De acordo com pesquisa realizada em 2010 pela Abraps (Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável) e que continua muito atual, o perfil deste profissional se caracteriza por ser: comunicativo, agregador, criativo, inovador (um traço essencial para a busca de um mundo melhor), antenado, comprometido, articulado, proativo, resiliente, gosta de compartilhar, tem um “quê” de educador, possui visão sistêmica, sabe trabalhar com equipes multidisciplinares, além de ser íntegro, ético e transparente. Ufa!

Verificar estas características não me causou nenhuma surpresa. Afinal, trabalhando a mais de 15 anos com o tema, percebo nitidamente que em sua grande maioria os profissionais dedicados à área são realmente assim e, como você pode imaginar, é um grande prazer trabalhar com eles.

Esta pesquisa também apontou alguns conhecimentos essenciais necessários à este profissional que eu assino embaixo. Seriam eles: Ter noção da realidade planetária, estar familiarizado com as 3 temáticas-base (sociedade, meio ambiente e economia) e entender a relação e sinergia entre elas, buscar atualização constante nas temáticas e nas práticas, ter conhecimento dos ferramentais, das novas tecnologias, temáticas socioambientais, benchmarkings sustentáveis, e, claro, ter experiência prática na área.

Mas para agregar todos estes conhecimentos qual seria a formação necessária? Como você pode imaginar, a resposta é muito diversificada, conforme comprovado em pesquisa realizada pela ABRAPS em 2015 em parceria com a Deloitte. Por se tratar de um tema tão complexo, é necessário o conhecimento de diversas áreas, portanto, diversas são também as formações possíveis: advogados, arquitetos, engenheiros, cientistas sociais, ecólogos, biólogos, jornalistas, físicos, geólogos, gestores ambientais… Pessoalmente, recomendo sempre uma formação específica, como uma pós-graduação em Sustentabilidade, que auxilia no entendimento da complexidade da questão e no desenvolvimento de uma visão sistêmica aliando os três pilares do Triple Botton Line, além de contribuir para os conhecimentos citados anteriormente.

E na prática, de que forma este profissional trabalha? Nossa atuação principal é a mobilização, ou seja, influenciar pessoas e organizações para que conduzam seus negócios na ótica do Desenvolvimento Sustentável. Isso significa uma necessidade de ter ou desenvolver um expressiva habilidade de negociação para mobilizar desde a alta direção para o entendimento da importância da mudança do modelo de gestão com vistas à sustentabilidade, como também agentes de mudanças de todos os demais níveis hierárquicos. Dentro das empresas, seu foco deve ser mobilizar as pessoas para pensarem novas formas de fazer negócio, além de fomentar melhorias de desempenho incluindo não apenas ações de ecoeficiência, como também desenvolvimento de negócios socialmente justos, ambientalmente corretos e economicamente viáveis/rentáveis.

Mas além de disseminar conceitos e criar massa crítica, este profissional desenvolve diagnósticos, desenha e gerencia projetos, determina estratégias, políticas e diretrizes aliando teoria e prática, integra a visão estratégica da sustentabilidade com a visão do negócio, e extrapola os limites da organização, trabalhando em sinergia com as partes interessadas.

Portanto, para ser um excelente profissional da área, além dos conhecimentos e formação citados anteriormente, destaco ainda dois itens essenciais: Comunicação e Visão Holística. Comunicação porque, em sua atuação, citando as palavras de Ricardo Oliani “cada vez mais se exige deste profissional a capacidade de se comunicar em multimeios e para os mais variados públicos”. Para tanto, é necessária a habilidade de saber utilizar as particularidades de cada meio de comunicação e de “traduzir” para cada público a mensagem desejada, considerando suas especificidades como diferentes faixas etárias, classes sociais, níveis de conhecimento sobre o tema, etc.

Já a visão holística é uma característica essencial na atuação deste profissional, que será complementada pelas suas experiências únicas de vida e diferenciais culturais. Sendo assim, para se destacar, este profissional necessita buscar mais do que o conhecimento acadêmico, mas experiências que o enriqueçam como indivíduo e o auxiliem a entender a complexidade das relações humanas e a transversalidade do tema em todas as áreas do conhecimento.

E para fazer tudo isso este profissional ganha bem? Quanto à sua remuneração, vale a pena acessar a pesquisa realizada pela ABRAPS em 2013 específica sobre o tema. De maneira muito resumida, os dados apontam que, no mercado corporativo, os salários variam de R$ 2.668,00 para um Analista Junior até R$ 18.081,00 para um Gerente.

E onde este profissional pode trabalhar? Você já deve ter percebido que o espectro é muito amplo: desde associações, organizações não governamentais, governo, startups, Setor 2.5, empresas, consultorias até universidades e centros de pesquisa.

Não importa onde você atue, o essencial é contribuir e agir de maneira conjunta para uma nova mentalidade. Mentalidade esta que traga desenvolvimento econômico respeitando os ciclos naturais e a sociedade, com vistas à garantir não apenas a sobrevivência, mas nossa saúde e qualidade de vida no longo prazo.

Quer saber mais sobre o profissional de Sustentabilidade? Em breve será lançada uma nova pesquisa da Abraps sobre o tema. Fique de olho. E se você já trabalha na área, participe! Juntos somos mais fortes!

Abraço!

Juliana Zellauy Feres – Diretora de Planejamento Estratégico da Abraps

*Fonte: Pesquisa ABRAPS 2010 – Quem é o profissional de Sustentabilidade?

 

 

Publicado em Notícias Abraps | Deixe um comentário

Clube Abraps 2017

Ontem retomamos com muito sucesso as atividades do Clube Abraps!

Tivemos o presidente da Abraps, @Fabiano Rangel, conduzindo uma conversa sobre o papel e a posição do profissional de sustentabilidade dentro das organizações. A lição que ficou foi a da necessidade de apropriação da causa da sustentabilidade pelos profissionais interessados, em qualquer que seja seu setor de atuação. Somente com essa apropriação e proatividade a agenda de sustentabilidade poderá ser comunicada e alinhada à missão e valores da organização. A atuação para esse fim não pode ficar a cargo de apenas uma pessoa ou setor, uma vez que mudanças na gestão poderiam solapar os esforços empreendidos para a garantia da sustentabilidade. Discutimos a necessidade de engajar as redes e todos os setores, uma vez que “a coletividade é uma premissa básica do setor de sustentabilidade”. Esse engajamento é facilitado quando os temas caros aos profissionais pelo desenvolvimento sustentável são traduzidos para os outros profissionais e, através dessa atuação em conjunto, a sustentabilidade pode ser encarada por seu valor e não mais como um entrave ao crescimento econômico. Cada vez mais o tema vem se tornando transversal dentro das organizações e entender, dentro de cada instituição, a qual das áreas se alinhar prioritariamente é uma importante estratégia para o fortalecimento da agenda de sustentabilidade.

Além das discussões técnicas, tivemos uma importante oportunidade para trocar experiências e conhecer a história pessoal dos participantes, o que foi muito frutífero e enriquecedor para todos. Tivemos ainda a sortuda @Neide Rocha que ganhou o livro de coautoria de @Yuri Ferres. Agradecemos aos participantes e convidamos todos a seguir as redes sociais da Abraps para não perder a divulgação dos próximos eventos!

 

Ana Carolina Vieira Araujo
Coordenadora do GT Clube Abraps
Publicado em Notícias Abraps | Deixe um comentário