Notícias Abraps

Ir e vir dentro das cidades: A necessidade de…

*Marcus Nakagawa

Vivo em uma grande cidade no Brasil e utilizo o transporte público, mas sem muita comodidade e segurança. Para chegar até a estação do metrô ou ao ponto de ônibus, muitas vezes o corredor é lotado e parecemos um bando de pinguins marchadores ou ainda um monte de bois no confinamento indo para o abate. Sim, parece meio catastrófico, porém, o pior é que nos acostumamos com isso.

Achamos normal estar no trânsito durante muito tempo, ou ainda ter calçadas que parecem verdadeiras pistas de corridas de aventuras com buracos, lixo, pessoas, fezes, enfim, grandes obstáculos.

Isso sem falar da ampliação das dificuldades para as pessoas que têm mobilidade reduzida e outras deficiências. Temos, sim, pontos, calçadas e avenidas já preparadas, mas, comparativamente ao total, é uma porcentagem muito pequena. A necessidade de calçadas padronizadas, lisas e bem cuidadas e de responsabilidade compartilhada entre os cidadãos e as prefeituras é outro ponto importante nessa discussão.

A nossa constituição convencionou no seu artigo 5o o direito a todos os cidadãos brasileiros de ir e vir, e este é parte integrante do direito a liberdade. Quando falamos da mobilidade urbana não estamos falando de uma proposta de governo ou de uma meta empresarial e sim de um direito que temos só por termos nascidos neste país bonito por natureza.

Precisamos cada dia mais de inovações e quebras de paradigmas dentro da gestão urbana e da cultura dos moradores destas grandes cidades. Em alguns países, como no Japão, existem calçadas subterrâneas com esteiras rolantes em ruas muito movimentadas, primeiramente para épocas de neve e segundo para dividir o fluxo destes locais muito movimentados.

O transporte subterrâneo, como o metrô pode ser um investimento muito alto para algumas cidades, mas o que aprendemos com estes grandes eventos que o Brasil sediou nestes últimos anos foi a importância dos veículos leves sobre rodas e os veículos leves sobre trilhos, que começaram a funcionar em algumas cidades juntamente com os corredores exclusivos. Ainda dá um trabalho para implementar, não deixa de ser um investimento alto, porém, o retorno a médio e longo prazo para a mobilidade é muito interessante.

Os carros próprios que as pessoas estão colocando para alugar e o serviço de passageiro por meio de carros compartilhados, juntamente com a alta tecnologia dos aplicativos é outra maneira de tirar carros das ruas e deixar o transito fluir melhor. Ah, sem esquecer também das bicicletas compartilhadas. Os grandes bancos viram isso como uma plataforma de comunicação de suas marcas e de solução de mobilidade para algumas cidades, tal qual o apoio e patrocínio dessas empresas a ciclofaixas, ciclovias e ciclorotas.

Outra discussão atual é a diminuição da velocidade nas ruas. Muitos países desenvolvidos já adotaram há algum tempo e o resultado tem sido a redução do trânsito e do número de mortes por acidentes também.

Pois é, não existe somente uma solução milagrosa para a mobilidade urbana, que ainda possui o agravante da batalha das vendas de carros e de combustível, os grandes pilares da nossa economia brasileira.

Não quero fazer aqui o papel de um urbanista, ecochato, arquiteto ou engenheiro de tráfego, sou apenas um cidadão que também sofre no dia a dia com a falta de mobilidade urbana e que sonha, ensina e escreve para poder ter mais tempo com a família e ter o direito de ir e vir com mais segurança e conforto. Vamos buscar este direito juntos?

Notícias Abraps

Convite para a 2a. REUNIÃO OPERATIVA 2018 – Abraps…

Boa tarde

Estamos em ritmo de carnaval, mas o ano está apenas começando e já os estamos convidando-os para a 2a. Reunião Operativa da Abraps  2018 – Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável, a segunda reunião operativa do ano, onde todos os associados são sempre convidados a participar e contribuir com a organização.

Esta reunião acontece mensalmente onde são realizados os acompanhamentos dos projetos e ações que estão em andamento. Qualquer associado em dia com as suas obrigações pode participar, com voz ativa, dar suas ideias e se voluntariar para liderar e executar um projeto com apoio da organização e todos os não associados são bem vindos para conhecer os trabalhos da associação.

Agradecemos a parceria com a Vila Butantan que nos hospedará, em mais este encontro.

Contamos com a presença de todos

2a. REUNIÃO OPERATIVA Abraps  2018 –  Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável
DATA:  22 de fevereiro de 2018 das 19h00 às 22h00

LOCAL: Rua Lemos Monteiro, 206 – Butantã, São Paulo – SP – Lounge Alameda (para saber como chegar clique aqui)

às 19h00 início das atividades da Segunda Reunião Operativa

das 19h00 às 19h30 – Espaço de Networking, apresentação e recepção de futuros associados

às 19h30 – Abertura da Reunião – Diretoria da Abraps – Avisos

às 19h45 – Diretoria de Planejamento Estratégico – Apresentação CANVAS Abraps

às 20h00 –  Apresentação Convidados – Aiuká

às 20h30 – Apresentação dos GTs – programação 2018 (atividades e calendário)

  • GTs Ativos
    • Cursos – apresentação calendário / cursos in-company
    • Clube Inovação Abraps – apresentação calendário de eventos
    • Visão Abraps – apresentação calendário de eventos
    • ODSTalks – apresentação material de captação
    • Integração – apresentação workflow atendimento associados
  • Demais GTs: Pesquisas, Carreiras Sustentáveis, Prêmios Abraps, Parcerias, Captação de Recursos, Comunicação, Gestão do Conhecimento – temos vagas abertas para todos os GTs 

às 21h30 – Outros temas

às 22h00 – Encerramento

Por favor, confirme a sua presença no link abaixo, pois o prédio exige uma lista prévia para autorização de entrada:

Confirmação de Participação na Segunda Reunião Operativa Abraps 2018 

Para saber quem são os profissionais Associados Ativos hoje na Abraps clique aqui

Para se associar clique aqui e preencha a ficha de associação, onde constam as informações sobre as formas de pagamento da anuidade

É só efetuar um depósito identificado na conta da Abraps, no valor de R$ 120,00 (cento e vinte reais) de acordo com os dados abaixo,
Dados Bancários
Banco Santander
Agência: 3832
c/c: 130060017
Favorecido: Abraps – Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável
CNPJ: 14.722.400/0001-15

Enviar uma cópia do comprovante de depósito identificado para o e-mail: contato@abraps.org.br

e/ou se preferir faça o pagamento de sua anuidade pelo PagSeguro

à vista – uma parcela anual de R$ 120,00 (cento e vinte reais) – https://pag.ae/bcjvKFZ

E por fim assinem o Manifesto 17:30 – www.manifesto1730.com.br

Aguardamos vocês lá.

Diretoria Abraps

Para mais informações envie um e-mail para contato@abraps.org.br

Abraps – Associação Brasileira dos Profissionais pelo Desenvolvimento Sustentável
www.abraps.org.br – comunicacao@abraps.org.br